Uma esquerda canalha e uma direita burra

Quem tem estômago para lidar com tanta besteira dita dia e noite nos plenários, no Twitter e afins? De um lado a esquerda marxista com discursos demagogos, canalhas, cujo único fundamento é irritar, implantar confusão, a luta de classes, etc.; do outro, a direita liberal, neoconservadora e olavete que muitas vezes favorece o discurso hipócrita marxista! O presidente Bolsonaro enfrenta uma oposição satânica, mas, ao mesmo tempo, uma cambada de aliados incompetentes, onde poucos se sobressaem como deveriam em favor do Brasil!

Afinal, qual deve ser a nossa posição política como católicos? Repudiamos o Marxismo, o Liberalismo, mas, também não vemos o Neoconservadorismo como uma coisa boa, e agora? A partir desse questionamento, se chega à primeira conclusão: ser de esquerda significa perversidade, mas, ser de direita não significa honestidade, e muitas vezes, as falhas da direita provocam a atuação da esquerda, logo, se existem imposições marxistas em nosso mundo, o Liberalismo, o Neoconservadorismo e afins tem parcelas de culpa! Por isso, no nosso país existe uma esquerda canalha e uma direita burra!

Uma política na visão católica está acima de direita e esquerda, pois, existem princípios inegociáveis que devem ser preservados antes de qualquer coisa, estes que deveriam ser a verdadeira cláusula pétrea da constituição. Primeiro o direito natural, depois o material! Não adianta nada dizer-se contra o aborto, a ideologia de gênero, o Comunismo, se sua mentalidade continua laicista, materialista e eugenista! Estado laico é uma invenção maçônica para tirar Deus do centro (Teocentrismo) e colocar o homem (Antropocentrismo). O Estado nunca deveria estar acima da Igreja como são nos tempos de hoje, portanto, não deve haver Conservadorismo, se este tiver mentalidade maçônica e laicista.

Seremos alinhados ao Conservadorismo, se este pautar não somente as ideias contrárias ao Marxismo e ao Liberalismo, mas, também a submissão total às ordens da Santa Igreja, a começar por sua Doutrina Social, e tantos outros documentos riquíssimos que visam àquilo que já deu certo uma vez, porém, foi retirado pela revolução protestante, francesa, americana e russa. Respectivamente, o protestantismo que desuniu o cristianismo, e provocou uma relativização da fé; os iluministas maçons, criadores da revolução maçônica que implantou o laicismo, da mesma forma a revolução americana que também foi submissa às ordens da maçonaria, e, por fim, a revolução comunista russa, que implantou um Estado ateu que matou milhões! Então, por essa análise se percebe que o neoconservadorismo, nada mais é que mais uma ideologia estúpida e sem escrúpulos, que não fará tanta diferença assim! O Brasil não precisa se tornar um EUA, tampouco Israel, só precisa lembrar-se de sua verdadeira origem: uma terra de Santa Cruz, fundada através de uma Santa Missa!

Faz-se necessário a criação de um partido político totalmente alinhado a Santa Igreja, e verdadeiramente conservador, o resto é baboseira!

E viva Cristo Rei!      

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *